Na terça-feira (06/03), aconteceu, logo cedo, na Câmara Municipal de Montes Claros (MG), mística e caminhada para entregar a Carta Aberta ao Poder Legislativo sobre a realidade das mulheres no município, que fica no Norte de Minas Gerais. A manifestação faz parte da Semana da Mulher e da 2ª Marcha da Mulher, que começou na segunda-feira (05/03) com blitz educativa na Praça Doutor Carlos e vai até o próximo sábado (10/03), onde será encerrado com a II Marcha de Mulheres de Montes Claros. A primeira reunião da Câmara Municipal desta semana foi de manifestação e denúncias de violência contra a mulher. Manifestantes entraram com cruzes na Câmara para protestar e pedir proteção.

O evento é organizado pelas Pastorais Sociais, Associação de Apoio, Proteção e Amparo à Criança (AAPAC), Projeto de Desenvolvimento Rural e Urbano (Proderur), Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), Conselho Arquidiocesano de Leigos/as (Coarle), Cáritas Arquidiocesana de Montes Claros, Defensoria Pública Especializada na Defesa dos Direitos das Mulheres em Situação de Violência (Nudem) do Estado de Minas Gerais, Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores na Indústria Energética de Minas Gerais (Sindieletro-MG), Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE) Regional Norte, Consulta Popular, Movimento Estudantil da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Movimento Estudantil da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pelo Instituto de Cultura, Comunicação e Arte da Periferia (Iccap).

CLIQUE AQUI e confira a programação completa da Semana da Mulher em Montes Claros.

Fonte: Assembleia Popular de Montes Claros (MG)

No related posts.