Durante a Semana em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado amanhã (08), a Cáritas Regional do PI, em parceria com o Fórum das Pastorais Sociais, promove debates e divulgação de materiais para chamar a atenção da população para a problemática da violência contra a mulher, uma temática cada vez mais presente na sociedade brasileira.

As estatísticas revelam que a violência contra a mulher aumentou consideravelmente no país. E no Piauí, a situação é semelhante. Uma pesquisa divulgada pelo Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado (Sinpol-PI) revelou que 14,9% das vítimas de assassinato em janeiro deste ano no Estado eram mulheres. E para chamar a atenção para este quadro, a Cáritas promoveu orientação e distribuição de folder sobre a violência contra a mulher durante as 12 novenas celebradas na última terça-feira (06), no Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no bairro Vila Operária,em Teresina-PI. Pelolocal, passaram cerca de 10 mil fiéis.

Para a Secretaria Regional da Cáritas do PI, Hortência Mendes, a ação é uma forma de colaborar na organização das mulheres, garantindo formação, construção e acesso a políticas públicas. “As mulheres precisam ter consciência, a partir das percepções sociais, conhecer e apresentar o papel delas, na construção das famílias; no envolvimento em questões sociais, como a violência, o extermínio dos jovens, combate às drogas, colaborando assim, para a construção da vida e de uma nova sociedade.

Apoiando a União das Mulheres Piauienses (UMP), a Cáritas colabora ainda para a realização de Atos Públicos que serão realizados amanhã (08), a partir das 9h, na Praça Rio Branco, e a partir das 16h na Praça do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) da Universidade Federal do Piauí (UFPI); e a Plenária Estadual da Mulher, que será realizada neste sábado (10), a partir das 9h, no auditório dos comerciários, em Teresina.

por Sabrina Sousa, assessora de Comunicação Cáritas Regional Piauí

No related posts.