O apoio a projetos sociais na Arquidiocese de Passo Fundo (RS) se manifesta efetivamente através do Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS). O FDS é formado pela coleta da solidariedade, realizada no Domingo de Ramos, fim de semana que antecede a Páscoa. O Fundo apoiou desde 2001, 135 projetos, beneficiando iniciativas que envolvem mulheres, crianças e adolescentes, jovens, idosos, indígenas, agricultores, assentados, desempregados, trabalhadores urbanos, pessoas com deficiência, recicladores, dependentes químicos e organizações sociais.

Em julho de 2011, o FDS apoiou duas iniciativas. Os projetos “Pastoral da Saúde promovendo a vida” e “Arte com sementes, cipó e taquara”, beneficiam, respectivamente, grupos de Passo Fundo e Carazinho.

O primeiro projeto, que beneficiou a pastoral da Saúde da Paróquia Santo Antônio, busca reforçar o trabalho do grupo no sentido de estruturar e qualificar as atividades desenvolvidas, através da aquisição de equipamentos e eletrodomésticos.

O trabalho na pastoral, desenvolvido desde 2001, integra atualmente 13 pessoas, que desenvolvem diversos tipos de acompanhamentos à famílias em vulnerabilidade social. Segundo a coordenadora do grupo, Ivanilde Dal Prá Zucco, “esse apoio do Fundo foi essencial para incentivar o andamento de todo o trabalho da pastoral. Até agora tínhamos que andar com as próprias pernas, dentro do que era possível. Não tínhamos nenhum tipo de equipamento ou material. Agora temos um ponto de partida. E por isso esse projeto é tão importante”.

A segunda iniciativa apoiada pelo FDS, “Nẽg Kãme Nén ũ Fy Kar vãn kar mrũr” – “Arte com sementes, cipó e taquara”, beneficia os índios Kaingang da área indígena Kairu,em Carazinho. O projeto prevê a aquisição de sementes e equipamentos para a confecção de artesanato, buscando difundir a cultura indígena e gerar renda às famílias da reserva.

Segundo Antonio Vicente, responsável pelo projeto, “temos a certeza que esse é o primeiro de muitos frutos que vamos ter. Vamos produzir artesanatos a partir de sementes, cipó e taquara, beneficiando cerca de 60 pessoas aqui da aldeia”.

O Fundo Diocesano apoia em média 12 projetos por ano em diversas áreas: educação e formação, geração de renda, saúde alternativa e preventiva, resgate da dignidade humana, população em situação de exclusão e meio ambiente e reciclagem.

por Victória Holzbach, assessora de Comunicação da Cáritas Arquidiocesana de Passo Fundo (RS)

No related posts.