Cerca de 100 agentes Cáritas de 19 países estão reunidos no Rio Janeiro (RJ) para participarem das atividades da Rio+20 e Cúpula dos Povos. Com a perspectiva do Desenvolvimento Solidário Sustentável e Territorial, a delegação da Cáritas Brasileira conta com cerca de 40 representantes de todos os regionais e secretariado nacional.

O principal objetivo da participação da Rede Cáritas nos dois eventos, além do intercâmbio de variadas experiências, é também debater com os diferentes povos a visão de futuro a partir da perspectiva da entidade.

“Todos com fome de justiça, equidade, sustentabilidade ecológica e co-responsabilidade”, esta é a linha que permeia toda a participação dos agentes nas diferentes convergências de diálogos onde a Cáritas estará presente.

Na Rio+20 sete temas centrais compõem as atividades. São eles: Segurança Alimentar, Emergências, Cidades, Trabalho Verde, Águas, Oceanos e Energia. Já a Cúpula dos Povos está focada nos temas relacionados com Matriz Energética, Direitos, Trabalho, Defesa dos Bens de Consumo e também Segurança Alimentar. Toda a delegação Cáritas está dividida em diversas atividades para garantir a participação da rede em diferentes temáticas.

Além da Cáritas Brasil, estão no Rio de Janeiro representantes das Cáritas da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, Filipinas, França, Haiti, Honduras, Inglaterra, Itália, México, Panamá, Peru, Porto Rico e Venezuela.

por Thays Puzzi, assessora de Comunicação da Cáritas Brasileira / Secretariado Nacional / Foto: Nando Zamban, assessor de Comunicação do Regional Santa Catarina

No related posts.