Encantando as ruas com cores vibrantes e gritos que ecoaram pelas ruas do Rio de Janeiro, cerca de 10 mil mulheres marcharam dizendo não à economia verde pelas ruas da cidade maravilhosa.

Movimentos sociais, com destaque para os movimentos feministas protagonizaram esta, que foi, até aqui, a maior manifestação da Cúpula dos Povos. No percurso a marcha percorreu ruas do centro do Rio, passando pela frente do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) , o grito ali era contra o financiamento governamental para os chamados “Grandes Projetos”. “A mobilização foi um sucesso. Conseguimos apresentar a crítica à economia verde sob a perspectiva do feminismo”, comentou Tica Moreno, da Marcha Mundial das Mulheres (MMM), uma das organizações que convocou o ato.

Além da Marcha os movimentos feministas procuram garantir presença em todas as Plenárias de Convergência que estão acontecendo na Cúpula, garantindo assim que suas demandas estarão presentes na Assembléia dos Povos, que é o maior momento deliberativo do evento.

Rede Cáritas, presente!

Leia também:

A Cúpula é das Mulheres

por Monyse Ravena, assessora de Comunicação da Cáritas Ceará / Foto: Bruna Garbin, assessora de Comunicação da Cáritas Rio Grande do Sul

 

No related posts.